"Não lanço os miúdos porque fica bem na fotografia", atira Sérgio Conceição

"Não lanço os miúdos porque fica bem na fotografia", atira Sérgio Conceição

As palavras de Sérgio Conceição na zona de entrevistas rápidas após a goleada aplicada pelo FC Porto ao Belenenses SAD (5-0).

Análise do jogo e da exibição do FC Porto: "Houve alguns momentos do jogo em que gostei mais. Podíamos ter feito mais na primeira parte. A equipa, quando não está bem com bola, sofre também no processo defensivo, tudo associado. O Belenenses tem jovens de qualidade, com muita frescura, era preciso ter mais bola na primeira parte. Conseguimos chegar ao golo, fizemos o segundo [anulado a Uribe], ainda não vi as imagens. O Belenenses conseguiu chegar ao nosso terço defensivo com qualidade, onde finalizaram, mas sem criar situações de apuros. A segunda parte foi bem melhor em tudo, fizemos cinco golos, penso que é um resultado volumoso demais para o que o Belenenses fez na primeira parte".

Belenenses surpreendeu? "Não, nós percebemos que o Nuno Coelho, o Dani e o Ricardo Ferreira eram centrais, nós sabíamos que se iam apresentar na dinâmica de jogo e no sistema quecostumam apresentar, que isso não iria mudar. Não podemos controlar o que o adversário quer fazer. Acho que era importante sermos fiéis ao que nós somos. Não fomos em alguns momentos da primeira parte. Faltou um pouco de discernimento. Fizemos um jogo interessante, quero dar os parabéns a todos, principalmente a um menino que se estreou a marcar [Fábio Vieira]. Não lanço os miúdos porque ficam bem na fotografia".

Luta pelo título: "Temos de pensar no Tondela a partir de amanhã. É preparar já o jogo com o Tondela, são os próximos três pontos. Temos de concentrar-nos e focar nesse obstáculo. Não vale a penar pensar muito no que falta jogar, no fundo vai complicar a nossa concentração e o nosso foco no mais imporatnte, que é o próximo jogo".