Museu FC Porto assinala Dia Nacional da Educação de Surdos

Museu FC Porto assinala Dia Nacional da Educação de Surdos

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

André Morais

Tópicos

Este dia, também conhecido como Dia Nacional do Deficiente Auditivo, tem como finalidade sensibilizar a população para a situação das pessoas surdas e da sua linguagem em específico

Porque hoje, 23 de abril, é o Dia Nacional da Educação de Surdos, os posts da rubrica #nestedia do Museu FC Porto foram publicados também em língua gestual. Sofia Fernandes, Ana Catarina Oliveira, Amélia Amil e Mariana Garcia são algumas das intérpretes de língua gestual que dão vida aos posts do Museu FC Porto.

Importa lembrar que o número de intérpretes que são obrigados a ter um curso superior é de cerca de 150.
Uma iniciativa inédita que serve para assinalar ainda que de forma simbólica esta efeméride. As visualizações dos vídeos mostram que todas as minorias merecem a nossa atenção e dedicação.

De referir que mais de 30 mil pessoas compõem a comunidade falante de Língua Gestual Portuguesa (LGP). No que toca à população com deficiência auditiva em Portugal, os dados mais recentes, remontam, ainda assim ao censo de 2011 e dão-nos conta de mais de 533 mil pessoas com esta limitação, das quais 26.860 revelam total incapacidade auditiva, enquanto 506.342 responderam ter dificuldade em ouvir. Em ambas as situações, as mulheres são as mais afetadas.

Este dia, também conhecido como Dia Nacional do Deficiente Auditivo, tem como finalidade sensibilizar a população para a situação das pessoas surdas e da sua linguagem em específico, sublinhando a necessidade de lutar por condições de vida, trabalho e educação mais apropriadas e inclusivas.