Marchesín e Saravia explicaram-se a Sérgio e manifestaram uma vontade

Marchesín e Saravia explicaram-se a Sérgio e manifestaram uma vontade
André Morais/Bruno Filipe Monteiro

Tópicos

Argentinos voltaram da seleção, conversaram com Sérgio Conceição e foram reintegrados.

Marchesín e Saravia voltaram da seleção argentina com um pedido de desculpas para apresentar a Sérgio Conceição pelo facto de terem infringido o regulamento interno do FC Porto na antevéspera do jogo com o Boavista (dia 10), para o campeonato.

Depois de terem sido excluídos do dérbi, só ontem, quarta-feira, no regresso ao Olival, o guarda-redes e o lateral-direito tiveram oportunidade de conversar cara a cara com o treinador e explicar-lhe as razões que os levaram a ultrapassar a hora de recolher obrigatória imposta pelo clube (23h00), por terem marcado presença na festa de aniversário da mulher de Uribe, Cindy Álvarez García. Há a regra de que quando um jogador regressa da Seleção se apresente e converse com o treinador, até para trocarem impressões sobre o tempo passado fora do clube e a utilização no respetivo país.

No caso de Marche e Saravia, por tudo o que aconteceu, mais importante era. A dupla explicou-se a Conceição e manifestou vontade de reentrar nas opções. O treinador deu o assunto por encerrado e deixou para a SAD a aplicação de outras medidas disciplinares (mormente pecuniárias). Resta saber se um ou mesmo os dois terão a possibilidade de regressar à equipa já no domingo, na receção ao V. Setúbal para a Taça de Portugal.