Luis Díaz está recuperado, mas FC Porto não corre riscos

Luis Díaz está recuperado, mas FC Porto não corre riscos
André Morais

Tópicos

O extremo estará clinicamente apto, mas ninguém corre riscos. Por isso, será avaliado esta manhã

Sérgio Conceição convocou Luis Díaz, mas ainda não tem a certeza de que poderá utilizar o jogador esta noite, em Paços de Ferreira. O colombiano, a contas com um problema muscular desde o jogo com o Manchester City, já falhou o Gil Vicente e, mais recentemente, também o Olympiacos. A evolução nos últimos dois dias foi muito positiva e há boas perspetivas de que hoje possa estar clinicamente apto. Ontem fez treino integrado condicionado, patamar anterior à disponibilidade total.

Apesar de tudo, o treinador não quer arriscar a utilização de Díaz sem que este se sinta a 100% e em condições de fazer a diferença sem a ameaça de qualquer recaída, até porque esta fase de jogos muito condensada ainda só vai a meio e na terça-feira há novamente Liga dos Campeões, desta feita contra o Marselha, também no Dragão. Por isso, o jogador fará um teste durante a manhã de hoje, para dar sinal da condição em que está e Conceição poder, então, escolher o onze sem qualquer margem para dúvidas.

Se Díaz não jogar, a esquerda do ataque deve ficar entregue a Nakajima ou Felipe Anderson. Com Corona deslocado para lateral, Otávio deve ser o escolhido para jogar à direita, o que deixa a esquerda à mercê do japonês e do brasileiro ex-West Ham. Nakajima tem entrado bem e até foi titular com o Gil Vicente, mas também pode funcionar como 10. Se assim for, Felipe pode estrear-se como titular, depois de alguns minutos em Alvalade que não lhe correram particularmente bem. Questões para avaliar depois de se esclarecer se Díaz joga ou não.