José Fernando Rio propõe criação de Academia para as modalidades do FC Porto

José Fernando Rio propõe criação de Academia para as modalidades do FC Porto

José Fernando Rio, candidato à presidência do FC Porto, quer a criação de uma Academia para as modalidades de alto rendimento no clube azul e branco.

José Fernando Rio, candidato pela Lista C à presidência do FC Porto, propõe a criação de uma Academia para as modalidades de alto rendimento do clube azul e branco, "na qual serão implementadas metodologias de formação e desenvolvimento alicerçadas nas melhores práticas internacionais."

A "Academia FCP Sports", designação dada pelo cabeça de lista, tem como propósito, além da dimensão desportiva, criar condições para a evolução dos seus atletas no plano académico e social.

O candidato refere ainda, através de uma publicação nas redes sociais, que se compromete a arrancar com o projeto "logo no primeiro ano do mandado, recorrendo a instalações próprias (Dragão Arena) e protocoladas/alugadas (Piscina de Campanhã, pavilhões municipais, de escolas e de universidades/faculdades)".

As eleições no FC Porto estão marcadas para os dias 6 e 7 de junho. José Fernando Rio, pela Lista C, concorre contra Pinto da Costa (Lista A) e Nuno Lobo, da Lista B.

Leia a publicação na íntegra:

"Na atualidade, o FC Porto não tem um modelo estratégico dirigido para o desenvolvimento, crescimento e formação das crianças e jovens, que contemple a possibilidade de praticar um conjunto eclético de modalidades, igualitariamente com equipas masculinas e femininas, desde a formação ao mais alto rendimento.

Para colmatar esta lacuna, propomos a criação da Academia FCP Sports para as modalidades de alto rendimento, na qual serão implementadas metodologias de formação e desenvolvimento alicerçadas nas melhores práticas internacionais.

O que propomos é um conceito de academia amplo que, mais do que instalações, contemple as dimensões necessárias para o Sucesso Desportivo, em sinergia com a imagem ganhadora do clube e o desenvolvimento positivo dos nossos jovens portistas:

i) Dimensão Desportiva - da formação ao alto rendimento, a organização das modalidades e dos seus respetivos planos de carreira estarão definidas com base nos mais recentes indicadores científicos, respeitando as especificidades das modalidades e do desenvolvimento das crianças e jovens;

ii) Dimensão Académica - implementação de um programa dual career, cujo objetivo é a conciliação dos objetivos escolares com os desportivos; este programa incluirá a articulação com estabelecimentos de ensino, o que vai permitir disponibilizar apoio ao estudo e tutorial, com a participação integrada dos professores dos estabelecimentos de ensino e dos treinadores do FCP, assim como, com a equipa de bem-estar da Academia (psicólogos, nutricionistas, fisioterapeutas, etc.);

iii) Dimensão Social - as instalações desportivas devem ser dotadas de espaços físicos de apoio, tais como bares de suporte, salas de estudo, espaços de saúde e atividade física, entre outros; esta estrutura física irá permitir acolher os atletas, antes e depois do treino, capitalizando o tempo de uma forma equilibrada, bem como, aos seus acompanhantes, com a oferta de atividades que lhes permitam aproveitar o seu tempo enquanto acompanham os atletas.

A médio prazo, e logo que o reequilíbrio financeiro do Clube o permita, pretendemos que a Academia FCP Sports também desenvolva uma componente residencial para jovens atletas integrados no percurso de alto rendimento, que não habitem na área metropolitana do Porto.

O compromisso que assumimos é o de arrancar com a Academia ​​​​​​​FCP Sports logo no 1º ano do mandato, recorrendo a instalações próprias (Dragão Arena) e protocoladas/alugadas (Piscina de Campanhã, pavilhões municipais, de escolas e de universidades/faculdades)."