Tite cita Mourinho e explica aposta em Felipe e Éder Militão

Tite cita Mourinho e explica aposta em Felipe e Éder Militão

Os dois jogadores do FC Porto estrearam-se pela seleção brasileira.

Foi na conferência de imprensa que se seguiu à goleada imposta pelo Brasil a El Salvador (5-0) que Tite explicou as chamadas de Felipe e Éder Militão ao "escrete". O selecionador canarinho apontou para a "versatilidade" na defesa e abordou a estreia dos dois jogadores do FC Porto.

"Jogaram os dois juntos no FC Porto, o Felipe e o Militão, e puxei o Marquinhos para a lateral. Lembro-me que quando o Marquinhos apareceu no Corinthians era visto como uma pérola, mas não sabia se ira jogar como central, lateral ou médio-defensivo. Cinco anos depois continua a jogar nas três posições", afiançou Tite, garantindo diversos figurinos no quarteto defensivo.

Sobre o nível do adversário, a frágil seleção de El Salvador, o técnico brasileiro citou José Mourinho:

"Nós não temos a oportunidade de escolher adversários europeus... Temos a Argentina na próxima rodada, mas já passei a idade de tentar desconstruir críticas. Os Estados Unidos empataram com a França antes do Mundial. Mourinho disse uma vez que 'dura é a qualificação sul-americana'. Na qualificação europeia há muitas seleções de nível inferior. Mas está tudo aí para as pessoas avaliarem. Olhem para o nosso desempenho e tirem as vossas conclusões", rematou Tite.