Sérgio Conceição, o orçamento do Liverpool e os parabéns a Carlos Carvalhal e a Nuno

Sérgio Conceição, o orçamento do Liverpool e os parabéns a Carlos Carvalhal e a Nuno

Responsabilidade do Liverpool é maior? "Não olhamos para essas situações. O mais importante é olharmos para dentro, para a nossa equipa. Sabemos que vamos defrontar uma equipa forte, com orçamento acima dos 200 milhões de euros. Mas eu semanalmente não falo do orçamento do FC Porto face a outras equipas do campeonato português. Penso que não seria justo. São duas equipas históricas."

Disponibilidade de Aboubakar: "É difícil. É difícil."

Defesa do Liverpool pode ser calcanhar de Aquiles? "Quando preparamos os jogos, olhamos para pontos fortes e pontos mais frágeis que a equipa possa ter. Sabemos que todas as equipas podem ter momentos mais frágeis e definimos a estratégia para o jogo. O Liverpool é o segundo melhor ataque e a sexta melhor defesa, mas disputa um campeonato diferente. Na Liga dos Campeões foi a melhor do grupo e sem derrotas. É uma boa equipa e consistente. Cria dificuldades ao adversário, mas tem pontos fracos que devemos explorar."

Carlos Carvalhal, treinador do Swansea, disse que Liverpool era Ferrari. Segredo pode ser não deixar equipa acelerar? "Parabéns ao Carlos que tem feito bom trajeto, assim com Nuno Espírito Santo e outros treinadores portugueses em Inglaterra. São jogos diferentes. A Liga dos campeões é diferente do campeonato. O Swansea está a lutar para sobreviver e o contexto é diferente."

Que partida ideal tem em mente para levar os três pontos? "Não sonho muito nesse sentido. Espero sempre marcar golos e não sofrer. Penso que passa sempre por aí. É aquilo que um treinador sonha. O sonho é importante, é preciso ir atrás deles mas é preciso sermos pragmáticos e objetivos."