Sérgio Conceição: "Foi o intervalo mais fácil, não tive de dizer nada"

Sérgio Conceição: "Foi o intervalo mais fácil, não tive de dizer nada"

Treinador do FC Porto comenta o triunfo por 4-2 frente ao Vitória de Guimarães, num jogo em que os dragões chegaram ao intervalo a perder.

Dificuldades, apesar dos números - "Sim, verdade. Acho que fizemos uma primeira parte não de acordo com aquilo que é a minha equipa, o nosso ADN. Algo precipitados, a falhar passes fáceis. Nós corríamos, mas à entrada do ultimo terço faltou sempre clarividência para definir de outra forma.

O intervalo - "Foi o intervalo mais fácil quer tive no FC Porto, não tive de dizer absolutamente nada, apenas que tinha 1000 por cento de confiança neles, que iam ser iguais a eles próprios na segunda parte e tudo o que viesse a acontecer eu assumiria a responsabilidade".

Pela primeira vez a perder no campeonato - "Uma coisa que não me lembrava. Há dias em que somos mais precipitados, em que o adversário se organiza defensivamente. Um conjunto de situações que nos levou a ter mais dificuldades na primeira parte. Sabíamos que no decorrer do jogo iríamos criar, fazer golos, temos consciência da equipa que temos. Uma vitória difícil., mas justa".

Mudança - "Foi uma segunda parte avassaladora. Podíamos ter feito mais um ou outro golo. Estou de acordo com o Pedro Martins quando ele diz que o Vitória vai fazer uma segunda volta melhor".