Sérgio Conceição explica ausência de Pepe e fala da importância de Aboubakar

Sérgio Conceição explica ausência de Pepe e fala da importância de Aboubakar

Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, falou à SportTV depois da vitória 1-0 diante do Santa Clara.

Análise ao jogo: "Era um jogo com uma dificuldade acima da média. Não só pelo último jogo que tivemos na Liga dos Campeões, o que nos tirou tempo de recuperação, mas também pelo adversário. Estávamos precavidos para as dificuldades. O Santa Clara costuma jogar em 4x34x3, hoje veio com um 4x4x2 losango, com quatro homens no corredor central. Isso dificulta a nossa tarefa porque queríamos meter verticalidade no corredor central. Jogam com uma atitude positiva, a querer transições rápidas, a criar problemas... Fizemos o golo e podíamos ter aumentado. Depois tivemos sempre o controlo da posse de bola, mas houve sempre alguma intranquilidade, porque poderia surgir uma bola parada, um ataque rápido... Tivemos duas ou três ocasiões para matar o jogo. Mas fica a imagem de uma equipa que se tem batido bem, que subiu de divisão este ano e se está a afirmar no campeonato principal. Parabéns aos jogadores pela mentalidade que tiveram num jogo difícil. Agora é olhar para o próximo e descansar. Faltam quatro jogos e estamos preparados".

Gerir as emoções quando se aproxima o final do campeonato: "Dependemos de nós para ganhar os jogos e vamos fazer o nosso trabalho. A equipa quer sempre os três pontos e no final fazem-se as contas. Este clube é histórico e só por si tem essa forma de pensar. Da minha parte tenho de incutir essa força emocional".

Ausências: "O Pepe teve um problema muscular, nada de especial, mas não estava apto. Tal como o Corona estava debilitado. É a vida das equipas".

Regresso: "O Aboubakar é importante neste grupo. Teve a palavra na roda porque regressou após muitos meses e o grupo sentiu a presença dele e o contributo fortíssimo que dá. Temos um grande espírito de balneário, nisso somos fortíssimos".