Sérgio Conceição ao lado de quatro campeões e com enguiço quebrado

Sérgio Conceição ao lado de quatro campeões e com enguiço quebrado

Pela primeira vez na Liga, uma equipa orientada pelo atual treinador do FC Porto marcou no Estádio da Luz.

A vitória no clássico de domingo valeu mais do que os três pontos e a liderança do campeonato para Sérgio Conceição. Pelo menos no que à estatística diz respeito, claro está. Com o triunfo por 1-0 sobre o Benfica, o técnico do FC Porto chegou à redonda marca de 80 por cento (ou mais) de vitórias à 30ª jornada da I Liga.

Com este número, Sérgio Conceição juntou-se a um restrito lote de treinadores dos dragões no século XXI: Jesualdo Ferreira, em 2007/08, e Vítor Pereira, em 2012/13, também contabilizaram 80 por cento de triunfos ao cabo de 30 rondas disputadas, com José Mourinho, com 83 por cento em 2002/03, e André Villas-Boas, com 90 por cento em 2010/11, a destacarem-se. A particularidade? Todos os quatro foram campeões nas épocas referidas.

O jogo da Luz serviu também para o treinador azul e branco quebrar um enguiço: pela primeira vez, uma equipa por si treinada conseguiu marcar ao Benfica no reduto encarnado em jogos do campeonato. Já tinha tentado com Olhanense, Académica, Braga e Vitória de Guimarães, mas só ao leme do FC Porto conseguiu.

De salientar ainda que Sérgio Conceição tornou-se no primeiro técnico a vencer no Estádio da Luz para as provas nacionais desde José Peseiro, em 2015/16, ao serviço do... FC Porto (2-1, com golos de Herrera e Aboubakar).