Sérgio aproveita pergunta de O JOGO para desabafar: "Aligeirava se não ouvisse tanta barbaridade"

Sérgio aproveita pergunta de O JOGO para desabafar: "Aligeirava se não ouvisse tanta barbaridade"

Treinador do FC Porto fez esta segunda-feira a antevisão ao jogo com o Leixões e recordou o encontro de Alvalade com o Sporting.

Sérgio Conceição fez esta segunda-feira a antevisão ao jogo com o Leixões, dos quartos de final da Taça de Portugal. O treinador dos dragões, já na ponta final da conferência de imprensa, foi questionado por O JOGO sobre o desgaste que a equipa, e outras também, têm de enfrentar, havendo pouco espaço para o descanso e até para a vida familiar. Sérgio respondeu, mas aproveitou para recordar Alvalade e lamentar algumas coisas que ouviu.

"Por vezes não há. Fica de certa forma limitada. É o que nos move, esta paixão, a profissão. Aligeirava um bocado se, por vezes, não ouvisse tanta barbaridade, ignorância. Ouço coisas que às vezes não têm a ver com crítica, estamos sujeitos a ela, tem a ver com coisas fora do contexto, nada a ver com o jogo jogado. Na primeira parte em muito momentos o FC Porto teve o terceiro médio, Corona. As pessoas falam sem saber. Entrámos em Alvalade da mesma forma como noutros jogos teoricamente mais fáceis. Encontrámos um adversário que abdicou de pressionar e deu a iniciativa ao FC Porto", comentou.