"Uma exibição fantástica, à imagem do treinador", resumiu Pinto da Costa

"Uma exibição fantástica, à imagem do treinador", resumiu Pinto da Costa

PInto da Costa, presidente do FC Porto, garante que não pensara na final de Gelsenkirchen, em 2004; adia o Sporting-FC Porto depois de celebrar o triunfo na Champions e explica a adesão dos adeptos

O 3-0 como em Gelsenkirchen: "Não tinha pensado nessa curiosidade. Hoje ao almoço o presidente do Mónaco dizia que o FC Porto nunca vencera aqui e eu disse, na brincadeira, que era verdade mas que também nunca aqui tínhamos jogado no Mónaco e talvez fosse hoje. Foi com uma exibição fantástica, à imagem do treinador e do que queremos, com os jogadores a darem o máximo, a compreenderem o que lhes era exigido"

Sobre a vitória: "Todos no Mónaco reconheceram que o FC Porto tem uma grande equipa e mereceu com toda a justiça. Não digam que o Mónaco é uma equipa fraca."

Sobre o Sporting-FC Porto: "O clássico é só no domingo, vamos festejar esta vitória sem estarmos preocupados com o que vem aí. Se não tivessemos encarado o Mónaco com respeito não teríamos vencido"

O apoio dos adeptos: "Desde o começo de época o ambiente tem sido magnifico, os adeptos compreenderam que algo tinha mudado e isso notou-se na apresentação em que esgotamos a casa.O único dia em ficaram por vender bilhetes, cerca de 1500, foi com Portimonense numa sexta-feira, dia de trabalho. Temos uma média de 40 mil adeptos nos jogos, desde o principio e não por vencermos no Mónaco."