"Não vai haver um campeão como o do ano passado", avisa Sérgio Conceição

"Não vai haver um campeão como o do ano passado", avisa Sérgio Conceição

Sérgio Conceição abordou a questão do título, disse que o Sporting não está de fora, e apontou o Braga como candidato.

Sporting na corrida: "No ano passado acabamos a primeira volta com 45 pontos, agora com 43. Acho que não vai haver um campeão a fazer 88 pontos como o do ano passado. O campeonato está mais difícil. Faltam ainda muitos pontos por disputar e de maneira nenhuma o Sporting, que é uma grande instituição, está fora da corrida pelo título".

Candidatos ao título: "Somos candidatos como os outros são. Temos cinco pontos de vantagem sobre o segundo, mas isso, por si só, não significa nada. Todas as semanas há três pontos em disputa e todos os jogos são difíceis. Continuam os três históricos crónicos e este ano - e cada vez mais - o Braga também se junta".

Postura defensiva do Sporting: "Nós aprendemos todas as semanas a jogar contra equipas que utilizam um bloco baixo, médio-baixo. Temos de ser nós, enquanto equipa que somos, que luta sempre pelos três pontos, a tentar desmontar essa organização defensiva do adversário. Logo nos primeiros dois/três minutos deu para perceber que o Sporting estava com uma postura diferente do habitual, não fazia a mesma pressão".

Entrada de Óliver: "Não acho que a entrada do Óliver tenha sido o fator chave para criarmos mais oportunidades. Ele deu o seu contributo, mas se continuássemos com o onze inicial íamos criar mais dificuldades ao Sporting. Não me arrependo da forma como montámos o jogo, era a forma ideal para defrontar este Sporting".

Sistema de 3 centrais com Pepe?: "Mesmo antes da chegada do Pepe podíamos jogar com três centrais. O Mbemba pode jogar a lateral esquerdo ou direito. O Militão também pode jogar na direita, tal como o Corona. É possível um 3-5-2, um 3-4-3, depende do que se quer para jogar num sistema alternativo. Acho é que temos mais soluções e temos algo diferente para determinados jogos".