"Não sei quem é o hacker, mas foram prestados serviços ao futebol português"

"Não sei quem é o hacker, mas foram prestados serviços ao futebol português"

Francisco J. Marques comentou esta quinta-feira a detenção do alegado hacker do Benfica.

Francisco J. Marques comentou na noite desta quinta-feira a detenção do alegado hacker do Benfica. O diretor de comunicação e informação do FC Porto voltou a explicar como teve acesso aos emails e comentou as declarações da Ana Gomes, deputada do Parlamento Europeu, eleita pelo PS.

"Nos últimos anos temos tido conhecimento irregularidades de Governos, instituições, entidades através de fugas de informação. Muitas vezes acontece que a sociedade fica quase devedora perante as pessoas que conseguem demonstrar essas práticas irregulares. Neste caso dos emails, sem saber quem foi o hacker, acho que o futebol é devedor deste serviço que prestou. Todos nós nos lembramos do clima que existia no futebol português. A Ana Gomes é normalmente muito interventiva na vida pública, mas não tenho memoria de a ver comentar futebol. E não está a fazer comentários sobre futebol, mas sim sobre corrupção. Não tenho dúvidas que foram prestados serviços ao futebol português", sublinhou.