Premium "Interessados em Militão? Esta foi a aposta certa..."

"Interessados em Militão? Esta foi a aposta certa..."

Motivos que fizeram o defesa-central escolher o FC Porto no início desta temporada continuam a ser válidos e não há cobiça que o desvie do foco de se continuar a valorizar

Chegou, impôs-se como indiscutível para Sérgio Conceição e viu a cotação disparar em flecha. Éder Militão está em alta no FC Porto e, no espaço de três meses, viu o valor de mercado subir 150 por cento. De acordo com as atualizações de mercado efetuadas pelo portal Transfermarkt, o brasileiro valia oito milhões de euros quando chegou ao Dragão e, a 1 de novembro, já se encontrava avaliado em 20 milhões de euros. Um dado que faz dele o segundo central mais valorizado da Liga dos Campeões [ver infografia] e que, para o empresário do jogador, prova que a aposta feita nos azuis e brancos foi ganha. "Quando o Éder estava no Brasil, tivemos a oportunidade de escolher e escolhemos o FC Porto. É um clube de muito gabarito, um dos melhores a formar jogadores na Europa e campeão de Portugal. Foi com essas premissas que nos decidimos e está provado que foi a decisão mais acertada", afirma o empresário Ulisses Jorge a O JOGO, esperançado que o jovem de 20 anos alcance o mesmo sucesso de um ex-portista que agora figura no Real Madrid e é presença regular na seleção do Brasil. "Basta ver o caso do Casemiro, que saiu do São Paulo, foi para o Real Madrid, saiu para o FC Porto e tornou-se o jogador que é hoje; um dos melhores do Real Madrid e da seleção brasileira. E com o Éder acredito que será igual", acrescenta.

A rápida adaptação ao futebol europeu e o impacto profundo no rendimento defensivo do FC Porto reforçou o interesse de vários clubes maiores no jogador, como Barcelona, Manchester United ou Chelsea. Nada de concreto, para já. Houve interesse de vários gigantes, sim, mas ainda antes de Militão escolher o FC Porto. "Todos esses clubes já tinham interesse no Éder [Militão] quando ele estava no São Paulo", aponta. "Desde que o jogador se mudou para o FC Porto, ninguém me procurou", garante Ulisses Jorge. Os portistas podem, por isso, estar descansados, pois o assédio não vai mudar o comportamento do central. "O Éder está muito tranquilo, está feliz no FC Porto e não tem cabeça para pensar em mais nada que não seja no FC Porto", assegura. "Foi recebido como um príncipe, adora o clube e, neste momento, não pensa em mais nada que não seja em triunfar na Liga dos Campeões, no campeonato, na Taça da Liga, na Taça de Portugal e, tão jovem, tentar um título ao serviço do FC Porto. Esse é o grande objetivo dele", vinca o empresário, naquela que é a primeira entrevista desde que Éder chegou a Portugal.

Só dois novos nos mais valorizados

Entre os centrais que estão na Champions, só Diallo, do Dortmund (líder da Bundesliga e também já apurado para os "oitavos") valorizou mais: 13 milhões de euros. Em termos percentuais, no entanto, são muito poucos os que se aproximam. E se no valor absoluto para o Transfermark (20 M€) ainda há muitos acima, a explicação tem, essencialmente que ver com a idade e o tempo. Militão chegou à Europa há três meses e, dos 10 centrais que a infografia documenta, só ele e Kehrer são estreantes na competição. O apuramento do FC Porto promete que os milhões de cotação voltem a disparar.