Fucile quer deixar o Dragão em janeiro

Fucile quer deixar o Dragão em janeiro
Pedro Marques Costa

Tópicos

Lateral está insatisfeito com a falta de oportunidades e, em ano de Mundial, quer sair para jogar.

Fucile está insatisfeito e desapontado com a sua condição de suplente no plantel e já fez saber a Pinto da Costa e Antero Henrique que pretende deixar o clube em janeiro, de forma a garantir minutos de competição para cumprir um dos objetivos que tem: estar no próximo Campeonato do Mundo.

A verdade é que o uruguaio, que até tem sido chamado para os últimos compromissos da sua seleção, deixou de fazer parte das opções de Paulo Fonseca, que nos últimos quatro jogos nem sequer o chamou para o banco.

A insatisfação do lateral uruguaio, que está no último ano de contrato com o FC Porto, tem vindo a crescer com a falta de oportunidades, até porque, no último mês, acabou mesmo por perder um lugar na habitual lista de convocados para o jovem Ricardo.

Neste contexto, Fucile pretende deixar o Dragão já na próxima reabertura de mercado, em janeiro.

Pode ler mais pormenores sobre esta e outras notícias na edição e-paper ou impressa de O JOGO.