FC Porto recorda o dia em que o treinador marcou um golo

FC Porto recorda o dia em que o treinador marcou um golo

Na primeira passagem de Nuno Espírito Santo pelo FC Porto, contratado por José Mourinho em 2002, o novo treinador dos portistas marcou um dos sete golos portistas ao Varzim.

Nuno Espírito Santo foi sempre guarda-redes, mas ainda assim tem assinalado no currículo um golo marcado. O que, exceto no caso do brasileiro Rogério Ceni, foi e sempre será notícia.
Um dia depois de Nuno Espírito Santo ter sido apresentado como novo treinador dos portistas - contrato de dois anos - o site do clube azul e branco tem vindo a recordar momentos e declarações que, como jogador, foi prestando à revista Dragões durante as duas passagens pelo FC Porto. Numa dessas passagens, Nuno marcou um golo (minuto 3,20 do vídeo), ajudando com a conversão de uma grande penalidade a uma robusta vitória portista, por 7-0, na receção ao Varzim. O jogo - Marco Ferreira (3), César Peixoto e Jankauskas também marcaram - decorreu a 8 de março de 2003, valeu a passagem do FC Porto às meias-finais da Taça de Portugal.