FC Porto acusa Leixões de tentativa de assalto ao balneário e danos no autocarro

FC Porto acusa Leixões de tentativa de assalto ao balneário e danos no autocarro

Clube azul e branco comentou incidentes no final do Leixões-FC Porto, jogo do Campeonato Nacional de Juniores disputado este sábado

"O Leixões-FC Porto [... terminou com uma invasão de campo e com tentativas de agressão a jogadores e elementos do staff portista. Algumas dessas tentativas foram efetivamente concretizadas e houve elementos da comitiva portista agredidos], pode ler-se no texto que o clube azul e branco publicou no sitwe oficial. Referindo-se as incidentes no final do jogo de juniores, disputado em Matosionhos, o FC Porto conclui que "estes acontecimentos não têm lugar no futebol".

O FC Porto, no texto disponível no site - o título é "Dragões agredidos após Leixões-FC Porto em sub-19 -, conta que "após o apito final, elementos do staff do Leixões entraram em campo a insultar a equipa de arbitragem e os adversários, mas as coisas não ficaram por aqui. No Complexo Desportivo do Lusitanos de Santa Cruz, em Matosinhos, os balneários são em pré-fabricados. O balneário do FC Porto quase foi tomado de assalto por elementos do staff do Leixões e, inclusive, por elementos da claque leixonense, que cuspiram e atiraram copos de cerveja. Face a tudo isto, foi necessário solicitar reforço policial, mas enquanto isso não aconteceu já o autocarro do FC Porto tinha sofrido danos consideráveis".