Premium Está aberta a caça ao recorde no FC Porto: um adeus perfeito e dois golos em falta

Está aberta a caça ao recorde no FC Porto: um adeus perfeito e dois golos em falta
Bruno Filipe Monteiro

Tópicos

Felipe, Otávio, Brahimi e Herrera estão apenas a um remate certeiro de igualar as melhores marcas pessoas e o central é quem o procura há mais tempo. Tiquinho ainda precisa de dois golos...

O apelo à superação, efetuado por Sérgio Conceição logo no arranque da pré-temporada, não caiu em saco roto. Além de o FC Porto ter feito "mais e melhor" em todas as competições a eliminar que disputou (Liga dos Campeões, Taça de Portugal e Taça da Liga) - falta avaliar no campeonato -, cinco jogadores encontram-se no limiar do recorde de golos da carreira. O lote de "caçadores", que já contava com Felipe, Otávio e Soares, aumentou depois da deslocação de sábado a Portimão, onde Brahimi e Herrera marcaram uma vez cada um. Os dois encontram-se agora na mesma situação do central e do médio, que só necessitam de faturar por mais uma ocasião para o lograr. Tiquinho é o único que precisa de dois remates certeiros. Mas o que é isso para um ponta de lança?

A época da caça ao recorde está aberta e contempla sete jogos (confirmados) até ao cair do pano em 2018/19. O primeiro será na quarta-feira, com o Liverpool, onde até podem jogar todos de início. A utilização do verbo no condicional prende-se com Brahimi e Otávio. Se Corona recuperar (ver página 16), só um dos dois será titular.