"Espero que não caia o Carmo e a Trindade para o Benfica, porque sou do Porto"

"Espero que não caia o Carmo e a Trindade para o Benfica, porque sou do Porto"

Sérgio Conceição acredita que o afastamento da Taça da Liga não vai trazer consequências negativas para o Benfica.

Fechar de um ciclo que começou com a derrota frente ao Benfica? "Fechar um ciclo? Não. Mini ciclo? Grande ciclo. Não, o Benfica é um adversário. Na altura perdemos, foi um jogo não muito bem conseguido, também foi muito competitivo, mas não muito bem jogado. Hoje foi diferente, apresentaram-se no campo duas equipas que queriam ganhar. Na altura preparámos a equipa para ganhar, mas não estava tão bem, não pelo menos de acordo com o que eu queria. Agora estamos melhor, houve uma melhoria, temos feito um percurso muito interessante, estou relativamente satisfeito, porque ainda não conseguimos nada. Se perdermos no sábado não vale de nada a vitória de hoje".

Consequências do resultado para o Benfica: "Para o bem e para o mal, não podemos ficar agarrados a um sucesso, a uma fase negativa. Temos de trabalhar diariamente, todos os jogos nos dão coisas diferentes. Temos de andar atrás do que é esse trabalho para chegar a uma equipa cada vez mais sólida, mais capaz, mais próxima de ganhar os jogos. Não acredito que para o Benfica caia o Carmo e a Trindade, espero que não, porque sou do Porto".

Parabéns pela vitória: "O FC Porto está habituado a estar em finais. Se alguém me deu os parabéns por passar à final? Não, ninguém. Se calhar dão quando ganhar esta Taça da Liga".