Boloni pediu paciência e Govea admite situação difícil: "Sinto-me frustrado"

Boloni pediu paciência e Govea admite situação difícil: "Sinto-me frustrado"

Médio mexicano coloca a hipótese de mudar de clube na reabertura do mercado, em janeiro.

Omar Govea não está satisfeito no Antuérpia e revelou à Imprensa mexicana que se a situação não se alterar vai procurar outro clube no próximo mercado de transferências, em janeiro.

"Quero somar mais tempo de jogo até dezembro. Sinto-me frustrado. Gostava de sair para ter uma oportunidade de me mostrar noutro clube", confessou Govea, que não compreende Laszlo Boloni, treinador do clube belga:

"Ele disse-me para ter paciência, que as oportunidades iam aparecer, quer que seja mais agressivo, que procure o choque, mas esse não é o meu perfil. Se calhar não encaixo no perfil que ele procura", acrescentou.

O objetivo do médio mexicano, a curto prazo, passa pelo regresso à seleção: "Mas se não jogar, não tenho visibilidade, nem vou conseguir voltar à seleção e, se assim for, prefiro sair para onde me valorizem", atirou.

Depois de, na época passada, ter somado 33 jogos pelo Mouscron, Govea leva apenas uma partida realizada ao serviço do Antuérpia, onde se encontra cedido pelo FC Porto.