André Silva no ataque sim mas sem pressa

André Silva no ataque sim mas sem pressa
André Morais/Carlos Gouveia

Tópicos

Não foi convocado, porque o treinador não quer queimar etapas. Para já, é Bueno que substituiu Osvaldo.

Sai Dani Osvaldo, castigado, entra Alberto Bueno. A grande novidade na lista de convocados para a receção ao Paços de Ferreira não é a chamada do espanhol, mas a ausência de André Silva, que desde que o FC Porto voltou da Madeira se encontra à disposição de Lopetegui e alimentava naturais expectativas de ser convocado. Aliás, isso já acontecera nos dois jogos anteriores em que o ítalo-argentino esteve indisponível. Lopetegui resolveu baralhar as contas, mas isso não significa que o "Projeto André Silva" esteja a perder força. Pelo contrário.

A estreia do ponta de lança pela equipa principal está garantida para esta época, salvo qualquer infortúnio. O treinador não quer é queimar etapas, nem acelerar aquilo que definiu em julho. A qualidade do jogador mantém-se e a tranquilidade portista também. O técnico prefere continuar a esconder o ponta de lança da fama e vai lançá-lo, muito provavelmente, apenas na Taça da Liga, seja contra o Feirense, contra o Famalicão, ou em ambos os desafios. "Tem estado connosco e tem possibilidade de ser chamado. Terá a sua oportunidade, mais cedo ou mais tarde", garantiu em conferência de Imprensa. Para já, Bueno será a alternativa a Aboubakar.