Abdoulaye: a culpa é da vontade

Senegalês com cinco expulsões em ano e meio, só uma por agressão. É o ímpeto excessivo que o trama...

No espaço de 33 jogos pelas equipas principais de Académica e FC Porto, Abdoulaye viu cinco cartões vermelhos. A média impressiona... e cria rótulos. O defesa tem a marca de jogador agressivo e o histórico confirma, pelo menos, um excesso de vontade que gera descontrolo.

Nestas cinco expulsões, quatro foram em disputas de lances. A começar no Académica-FC Porto, para a Taça, quando rasteirou Hulk à entrada da área, falta similar à cometida no Marítimo-Académica (86').

Abdoulaye só perdeu a cabeça contra Rondón, avançado do Nacional que agrediu três minutos depois de o ter derrubado na área da Académica. Foi o único momento de descontrolo num registo que se prolonga com mais um derrube exagerado (Académica-P. Ferreira) e o tal duplo amarelo por faltas sobre Mossoró, no sábado.

Aos 22 anos, o internacional senegalês tem uma imagem para emendar, mas a história dos seus vermelhos desmentem que seja um jogador violento. A vontade, por vezes, é que pode tornar-se um defeito...