A postura nos bancos e uma imagem no final: Klopp confortou Sérgio Conceição

A postura nos bancos e uma imagem no final: Klopp confortou Sérgio Conceição

Sérgio Conceição e Jurgen Klopp tiveram quarta-feira posturas antagónicas no banco de suplentes.

Famosos pela exigência que colocam nas suas equipas, Sérgio Conceição e Jurgen Klopp tiveram ontem posturas antagónicas no banco de suplentes. O português manteve-se fiel ao estilo e passou a maior parte do encontro a dar indicações, na tentativa de empurrar a equipa para um resultado bem diferente daquele que alcançou. Conceição só atirou a toalha ao chão após o quinto golo do Liverpool, obtido aos 85", acabando por assistir aos derradeiros minutos sentado.

Foi nessa posição, de resto, que Klopp esteve a maior parte do tempo. O alemão levantou-se algumas vezes, mas sempre de forma tranquila e os minutos que passou assim foram com as mãos atrás das costas. No fim, e perante a tristeza do homólogo portista, tomou a iniciativa de se dirigir a ele para o cumprimentar e tentar confortar pela derrota pesada que este acabara de sofrer.