"Igualdade é ter o mesmo tempo de descanso e o mesmo número de jogadores em campo"

"Igualdade é ter o mesmo tempo de descanso e o mesmo número de jogadores em campo"

Treinador do FC Porto na conferência de Imprensa de antevisão ao segundo jogo das meias-finais da Taça de Portugal, com o Braga.

Densidade competitiva de FC Porto e Braga: "Somos das equipas com mais jogos. Estamos a falar inicialmente de uma fase de grupos de Liga dos Campeões, não só as viagens mas o grau de dificuldade que encontrámos, é muito alto, desgaste é muito grande. São jogos que requerem muita concentração, muito foco. Ainda mais quando depois jogarmos campeonato, Taça de Portugal, Taça da Liga, onde queremos também ter exatamente o mesmo foco, a mesma concentração competitiva. Temos tido uma densidade competitiva incrível, mas nunca me queixei de um resultado que fosse por isso. Nunca."

Difícil haver igualdade entre equipas que estão nas provas europeias e as que não estão: "É difícil haver igualdade quando as equipas estão nas competições europeias. É difícil fazer uma comparação com o resto das equipas que defrontámos nas competições internas. Mas acho que não me devo queixar porque temos plantel apetrechado para dar resposta dentro da dificuldade que é e do pouco tempo de descanso. É impossível haver igualdade. Jogamos no sábado com o Gil Vicente, terça-feira vamos à Juventus. Neste período quantos jogos joga o Braga ou outra equipa do campeonato que está fora das competições europeias?"

Igualdade: "Igualdade? Igualdade é ter o mesmo tempo de descanso e o mesmo número de jogadores em campo, isso é que é defrontar com igualdade um adversário."