Conceição quer vencer a Champions: "Se pelo FC Porto ou outro clube, o futuro dirá"

Conceição quer vencer a Champions: "Se pelo FC Porto ou outro clube, o futuro dirá"

Palavras de Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, em entrevista ao Expresso.

Sérgio Conceição festejou o terceiro título de campeão nacional enquanto treinador do FC Porto, mas quer mais. O foco do treinador dos dragões está na final da Taça de Portugal, a disputar no Jamor com o Tondela, e, num futuro mais a longo prazo, sonha com um clube a lutar de novo por títulos europeus.

"Obviamente que sim! Gosto particularmente do Porto, porque vim para aqui com 15 anos. Sendo um homem do Centro, de Coimbra, fiz-me homem aqui. Tenho uma paixão, um amor muito grande à cidade, à região, ao clube, a tudo o que são as características muito próprias de um povo que vive com muita paixão o clube e as suas vitórias. Naquilo que faço, acho que faz parte associar essa forma de estar das gentes do Norte, conquistar amanhã o que é importante, deixando para o museu aquilo que já passou", começou por dizer.

"Ambiciono ser melhor amanhã do que sou hoje, sinceramente. Isso é a minha forma de estar e aquilo que haverá de surgir surgirá com naturalidade. Não quero dar passos muito grandes, mas não posso ser incoerente com o que digo, até porque estou num clube que já ganhou a Liga dos Campeões, ganhou títulos a nível internacional. Não posso dizer que ambiciono um clube maior para conquistar esses títulos, ambiciono sim treinar bem, de uma forma determinada e com muita paixão para desenvolver o meu trabalho e atingir os objetivos propostos, num clube como o FC Porto, neste momento. É nisso que estou focado, para conquistar o máximo possível. Máximo possível neste momento e a Taça de Portugal", continuou Conceição, apontando: "Nós, sendo um clube sem a capacidade financeira de outros clubes na Europa, lutamos sempre com grande qualidade e com uma vontade enorme."

O técnico recordou as prestações da equipa na prova milionária. "Está sempre entre os melhores e, não sendo favorito a ganhar a Liga dos Campeões, é sempre candidato", disse, não escondendo que vencer a prova está no pensamento. "Um dia gostava de ganhar a Liga dos Campeões? Claramente que sim. Se pelo FC Porto ou por outro clube, o futuro dirá. Neste momento, sou treinador do FC Porto, farei tudo para conseguir o máximo enquanto aqui estiver para sermos competitivos em todas as competições", rematou.