"Gostaria que o Quintana não fosse lembrado unicamente pelo nome"

"Gostaria que o Quintana não fosse lembrado unicamente pelo nome"

Esposa de Alfredo Quintana, Raquel Ferreira, esteve na apresentação do livro "Alfredo Quintana. Um guerreiro extraordinário"

Decorreu esta segunda-feira a apresentação do livro "Alfredo Quintana. Um guerreiro extraordinário", cerimónia que contou com a presença da direção do FC Porto, nomeadamente o presidente Pinto da Costa. com a equipa de andebol portista e com Raquel Ferreira, a esposa de Alfredo Quintana.

"Gostaria que o Quintana não fosse lembrado unicamente pelo nome, mas também pela pessoa que ele era, pela forma como ele encarava a vida, uma pessoa feliz, com vontade de viver e boa disposição. Onde ele estivesse, era impossível haver lugar para a tristeza. Era um atleta de excelência que entrava em campo de corpo e alma e, como ele muitas vezes me dizia, o seu segredo era encarar o próximo jogo como se fosse o último e o único objetivo era vencer. Isto fez dele o atleta em que se tornou", disse Raquel Ferreira no decorrer da apresentação.