Francisco J. Marques visa Marítimo-Benfica: "Grave, grave foi Paços de Ferreira"

Francisco J. Marques visa Marítimo-Benfica: "Grave, grave foi Paços de Ferreira"

Diretor de comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques visa arbitragem do Marítimo-Benfica, designadamente o lance de que resulta o golo de Everton Cebolinha

O Benfica deu a volta ao marcador e venceu por 2-1 na visita ao Marítimo, em jogo de encerramento da oitava jornada da I Liga, com um golo de Everton Cebolinha a revelar-se decisivo. Um lance contestado pelos jogadores do Marítimo e que mereceu, no Twitter, críticas do diretor de comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques, visando arbitragem do Marítimo-Benfica.

"Pisão de Gabriel, Manuel Mota marca falta a favor do Benfica e daí nasce o golo da vitória do Benfica. Jogadas que dão pontos. Esta jornada foi assim para Benfica e Sporting. A tradição ainda é o que era, mas grave, grave foi Paços de Ferreira de onde o FC Porto trouxe 0 pontos", publicou na rede social Twitter.