Francisco J. Marques aponta ligações entre responsável pelas vistorias e o Benfica

Francisco J. Marques aponta ligações entre responsável pelas vistorias e o Benfica

Problemas na bancada norte do Estádio António Coimbra da Mota na mira de Francisco J. Marques.

O diretor de comunicação e informação do FC Porto, Francisco J. Marques, relembrou os emails que demonstravam alegadas ligações de Emídio Fidalgo, responsável pelas vistorias aos recintos da Liga, com Paulo Gonçalves, assessor jurídico do Benfica, para questionar os problemas na bancada norte do Estádio António Coimbra da Mota, casa do Estoril.

"Não se pode coartar nenhum direito ao FC Porto. Se existem estes artigos por alguma razão é. Para que não volte a acontecer, para que não estejam adeptos em risco. Há quanto tempo isto já acontecia no Estoril? Não sabemos. Será que quando foram as vistorias no início da época já existiriam estes problemas? Provavelmente já. As imagens que vimos não me parecem que vieram de um dia para o outro. Faz-nos pensar que os problemas já existiam há algum tempo. Não deixa de ser curioso que as coisas acabem por terminar quase da mesma forma. Quando fizemos algumas revelações no verão de 2017, de pessoas com ligações muito comprometedoras com o Benfica, falámos de Emídio Fidalgo, que era o responsável pelos delegados da Liga quando Nuno Cabral era delegado da Liga. Aparecia num email como recebendo algumas graças, benesses do Benfica, com o argumento de que os pareceres eram muito favoráveis ao Benfica. O que é que o responsável dos delegados da Liga tem a ver a com bancada do Estoril? Não é que o senhor Emídio Fidalgo é agora responsável pelas vistorias [aos estádios]? E acontece isto? Isto levanta óbvias suspeitas. Há um número de protagonistas no futebol português que são omnipresentes. Desaparecem de um sítio e aparecem noutro", atirou Francisco J. Marques no programa "Universo Porto da Bancada".