Francisco Conceição sobre a estreia no FC Porto: "Há momentos que ninguém pode apagar"

Francisco Conceição sobre a estreia no FC Porto: "Há momentos que ninguém pode apagar"
Redação

Tópicos

Francisco Conceição entrou na segunda parte do FC Porto-Boavista, estreando-se na I Liga no encontro da 19ª jornada

Francisco Conceição já tinha sido convocado para a equipa principal do FC Porto, mas a estreia só aconteceu no sábado, e por pouco não foi perfeita, em minutos de euforia que se transformaram num balde de água fria.

Sobre a estreia na I Liga, ao ser lançado na segunda parte do jogo com o Boavista, que terminou empatado, publicou no Instagram: "É difícil descrever um momento tão especial para mim, o cumprir de um sonho...A minha estreia pela equipa principal do FC Porto! Agradeço a todos os que contribuíram para este momento, mas principalmente a todos os meus colegas de equipa que me têm ajudado todos os dias. É uma mistura de sentimentos, porque não conseguimos a vitória pela qual tanto lutámos, mas há momentos que ninguém pode apagar e este ficou marcado na minha vida. Vamos continuar a lutar por este símbolo até ao fim! É só o começo, juntos".

Podia ter sido uma estreia épica quando em cima dos 90", o extremo rematou, Léo Jardim defendeu e, na recarga, Evanilson viu a bola a entrar lentamente na baliza. Foi a loucura entre jogadores, suplentes e staff, com metade a festejar com o brasileiro e a outra com Chico, que se abraçou ao pai.

Contudo, o VAR alertou Manuel Mota, que demorou algum tempo antes de assinalar falta de Evanilson por um toque com a mão após o remate. A euforia virou então momento agridoce.

Nas redes sociais, os irmãos Rodrigo, Moisés e Sérgio espelharam o orgulho pela estreia de Francisco, conforme pode ver na galeria acima.