Exclusivo FC Porto um a um: assalto de Luis Díaz teve proteção de Diogo Costa

FC Porto um a um: assalto de Luis Díaz teve proteção de Diogo Costa
Bruno Filipe Monteiro

Tópicos

Confira as notas atribuídas por O JOGO aos jogadores do FC Porto que estiveram em ação no empate (1-1) frente ao Sporting.

Diogo Costa 8
Manteve a equipa na discussão do resultado com duas defesas fantásticas na primeira parte (31" e 36"), ambas a remate de Nuno Santos, e uma outra muito difícil, já na segunda (83"), após cabeçada de Paulinho. Foi batido uma vez, num lance em que a bola entrou pelo único sítio possível.

João Mário 5
A preocupação constante no capítulo defensivo permitiu-lhe levar a melhor na maioria dos duelos na linha com Rúben Vinagre. Faltou soltar-se mais e aparecer no sector onde pode desequilibrar.

Mbemba 5
Os primeiros 45 minutos foram para esquecer. Reagiu tarde ao movimento de Nuno Santos na jogada do 1-0 e causou outra jogada de perigo com um mau passe. Serenou após o descanso.

Pepe 7
O posicionamento e a leitura correta da maioria dos lances evitou outros calafrios a Diogo Costa, como aos 80", em que surgiu no sítio certo a intercetar um passe de Pablo Sarabia. Além disso, manteve Paulinho quase sempre longe da zona de finalização.

Marcano 4
Acusou algumas dificuldades perante a velocidade de Porro, a quem deu tempo e espaço para receber e cruzar no lance do 1-0. O amarelo que viu aos 4" e o risco que correu noutros lances motivou a saída antes do intervalo.