FC Porto: Tomás Esteves tem mercado e futuro é para resolver até ao final da época

FC Porto: Tomás Esteves tem mercado e futuro é para resolver até ao final da época
António M. Soares

Tópicos

Negociações entre a SAD e os representantes do jogador estão num impasse, situação que ameaça a continuidade do lateral, bem referenciado por vários clubes de primeira linha europeia.

A pressão do mercado sobre Tomás Esteves ameaça a continuidade do lateral-direito de 17 anos no FC Porto, mas tudo indica que o jovem defesa não saia do clube nesta janela do inverno.

Os 10 milhões de euros da cláusula de rescisão do contrato, que termina em 2021, colocam o lateral ao alcance de vários emblemas europeus de primeira linha, junto dos quais o jogador está bem referenciado. Numa altura em que as negociações entre a SAD azul e branca e os representantes do defesa estão num impasse, o final da temporada surge como meta até à qual o futuro do jogador deverá ser definido.

Barcelona, Borússia Dortmund e Tottenham são apenas alguns dos clubes que já fizeram abordagens para avaliar o contexto de uma eventual transferência e que se mantêm atentos ao evoluir da situação, podendo bater a cláusula de rescisão para arrancar o jogador do Dragão. Isto se a situação se mantiver e as partes não voltarem à mesa das negociações até junho.

No final da última pré-época, Sérgio Conceição não escondeu a surpresa com a qualidade demonstrada pelo jogador durante o período em que esteve a treinar às suas ordens, integrando-o no plantel principal.

Mas de então para cá, Tomás Esteves não tem tido grandes oportunidades, acabando por evoluir na equipa B, situação que não tem impedido que seja observado, como aconteceu no "miniclássico" com o Benfica B, que atraiu 24 olheiros. Entre eles um do Barcelona e um do Dortmund...