FC Porto frente ao Nacional sem pensar no Benfica

FC Porto frente ao Nacional sem pensar no Benfica
Carlos Gouveia

Tópicos

Utilização do lateral esquerdo nigeriano, que está convocado, é a grande dúvida. Sérgio Conceição sabe que não pode perder mais pontos no Campeonato e não quer ninguém distraído com o Benfica.

O primeiro troféu da época (Supertaça Cândido de Oliveira) será disputado na quarta-feira, mas Sérgio Conceição já avisou que não fará qualquer tipo de gestão no encontro desta noite com o Nacional, até porque o campeonato é o objetivo principal dos dragões e há uma desvantagem para recuperar.

Por isso, tudo indica que o treinador portista fará regressar ao onze os jogadores que foram poupados com o Tondela a meio da semana, casos de Marchesín, Manafá, Otávio, Marega e Taremi. A única dúvida estará no lado esquerdo da defesa: ontem, Zaidu evoluiu para treino integrado condicionado (contusão na perna esquerda) e foi convocado, contudo a decisão sobre a sua utilização esta noite só será tomada mais em cima do pontapé de saída.

Se o nigeriano estiver em condições, avança para o onze e Manafá ficará com o lado direito da defesa, mantendo-se Mbemba e Diogo Leite como parceiros no centro. Caso contrário, Sérgio Conceição terá de optar entre manter Nanu à direita e passar Manafá para a esquerda, ou voltar a apostar em Sarr para esse lado e fazer regressar o ex-Portimonense à posição onde tem sido utilizado com regularidade. Na baliza, depois de três jogos de fora, Marchesín volta para embalar para o clássico como Benfica da Supertaça.

No meio-campo, Sérgio Oliveira tem lugar cativo e ao seu lado deverá continuar Uribe, embora as exibições de Grujic tenham merecido elogios de Conceição. Na frente, Corona e Otávio serão os responsáveis por dar critério e criatividade na construção do jogo fazendo-o chegar aos dois avançados.

Marega e Taremi descansaram a meio da semana e voltam à equipa com a maior fatia de responsabilidade de manter a conta ativa no Estádio do Dragão, onde o FC Porto marca há 49 encontros seguidos do campeonato. O iraniano, refira-se, fará a estreia em jogos com o Nacional, que na época passada estava na II Liga.