FC Porto fala em atitude provocatória de Hugo Miguel: "Agora, meta uma providência cautelar"

FC Porto fala em atitude provocatória de Hugo Miguel: "Agora, meta uma providência cautelar"

FC Porto acusa o árbitro Hugo Miguel, que dirigiu a partida em Braga, de ter tido atitudes provocatórias durante a partida da 31ª jornada da Liga Bwin

O FC Porto acusa o árbitro Hugo Miguel de um conjunto de atitudes, durante o jogo com o Braga, que considera provocatórias. "A atitude do senhor Hugo Miguel foi provocadora em relação a atletas e estrutura. Há três exemplos: o primeiro, à vista de todos: fez um gesto para o Taremi como que a dizer que se atirou para a piscina. Está a assumir o papel de comentador e a juntar-se ao coro dos que acusam Taremi de ser 'piscineiro'. O risinho dele diz tudo. Um gesto para toda a gente ver e uma ofensa ao jogador do FC Porto", começou por dizer Diogo Faria, diretor de conteúdos do FC Porto, antes de revelar o que o árbitro terá dito a Luís Gonçalves após a amostragem do cartão vermelho, já depois do apito final.

"Luís Gonçalves foi expulso, mas não dizem que quando estava exaltado disse ao árbitro que tinham ficado seis penáltis por marcar - referia-se a Braga, mas também ao jogo com o Moreirense, na época passada - e que a resposta do árbitro foi expulsar, dizendo 'agora meta uma providência cautelar'. A gozar com uma administrador da SAD do FC Porto. Isto é inadmissível", acrescentou.

Na Noite Informativa do Porto Canal, o diretor portista revelou ainda o que o árbitro Hugo Miguel terá dito a um jogador do FC Porto depois do apito final. "Francisco Conceição cumprimentou o árbitro no final e o que lhe ouviu foi "hoje não te atiraste para o chão', fazendo referência a um dos lances de há um ano em Moreira de Cónegos De facto, ontem não foi ao chão porque não sofreu falta", concluiu.