FC Porto de olho em Al Musrati, médio do Braga, e já perguntou o preço

FC Porto de olho em Al Musrati, médio do Braga, e já perguntou o preço

Jogador tem uma cláusula de rescisão de 20 milhões de euros.

O FC Porto está interessado em Al Musrati, médio de 25 anos do Braga, e, sabe O JOGO, já perguntou inclusive o preço do jogador que tem uma cláusula de rescisão de 20 milhões de euros.

Em todo o caso, esse é apenas um valor indicativo, até porque ainda não há negociações em curso, sabendo-se que António Salvador estava disponível para negociar o jogador no mercado de inverno por um valor mais baixo. O Benfica também já foi apontado ao trinco, que tem, ainda, clubes alemães a seguirem a sua carreira com particular atenção.

Os dragões estão a preparar a nova temporada e o setor intermediário deve ser o que terá mais mexidas. Bruno Costa vai regressar, Eustáquio, também do Paços de Ferreira, está controlado, mas a ideia passa por contratar igualmente um jogador com as características de Al Musrati, um trinco puro, que enche o campo todo, fortíssimo nas recuperações, mas também com enorme qualidade de passe. Além disso, o jogador revelação do Braga esta época tem a vantagem de não precisar de adaptação ao futebol português, onde joga há cinco anos. Por tudo isso, o líbio é um nome que agrada sobremaneira aos responsáveis azuis e brancos.

Além disso, Grujic, cedido pelo Liverpool, dificilmente continuará no Dragão e Sérgio Oliveira poderá sair se surgir uma proposta que agrade à SAD dos azuis e brancos. Nesse contexto, Al Musrati é visto como uma excelente alternativa para aquele lugar. O FC Porto, ainda assim, dificilmente chegará aos 10 milhões de euros por um jogador que chegou a custo zero ao Braga, depois de ter terminado contrato com o rival V. Guimarães. Se as negociações avançarem será sempre depois da época acabar - o Braga ainda vai disputar a final da Taça de Portugal e António Salvador quer perceber se terá mais propostas - e não será de descartar a possibilidade de entrarem jogadores do FC Porto nas conversas.

Há menos de um ano, o médio assinou pelo Braga até junho de 2024 por indicação de Carvalhal, que o tinha treinado no Rio Ave - estava emprestado pelo V. Guimarães - na segunda metade da época passada. Rapidamente o líbio assumiu a titularidade no meio-campo dos arsenalistas, transformando-se numa peça fundamental da equipa que chegou à final das duas taças nacionais (perdeu com o Sporting a Taça da Liga e vai discutir com o Benfica a Taça de Portugal). Leva 42 jogos esta época e 2866 minutos de competição, o que faz dele o oitavo jogador mais utilizado por Carvalhal.