FC Porto com ciclo de seis jogos em 20 dias. Tempo de gestão, Sérgio?

FC Porto com ciclo de seis jogos em 20 dias. Tempo de gestão, Sérgio?
André Morais

Tópicos

Dragões avançam para seis jogos em 20 dias e, se ganharem o primeiro, têm direito ao "pior" mês da época

O jogo com o Belenenses, no Jamor, é o primeiro de uma série terrível para os dragões, com seis desafios nos próximos 20 dias, que podem vir a ser nove nos próximos 30, se a Taça da Liga, entretanto, correr bem. Este é claramente um convite à gestão de Sérgio Conceição. O treinador não tem hesitado na altura de mexer e poupar alguns jogadores e, aliás, já disse que não chega apregoar confiança no plantel, é preciso mostrá-la. Assim o fez nos dois jogos anteriores de Taça da Liga, por exemplo, e é possível que o faça com o Belenenses, no domingo.

Depois do Belenenses, o FC Porto vai jogar ao Aves a 3 de janeiro, para o campeonato.

Segue-se a receção ao Nacional, a 7 de janeiro e a visita ao Sporting, dia 12. Depois, há quartos de final da Taça de Portugal, com o Leixões, a 15, antes da primeira jornada da segunda volta do campeonato, em Chaves, dia 19. É nessa altura que o calendário dá tréguas, pelo menos de uma semana, pois as datas seguintes estão guardadas para a final-four da Taça da Liga. E isso significa que, se se apurarem esta semana, os azuis e brancos podem ter direito a uma meia-final e à final num espaço de três dias.

A fechar o mês de janeiro (dia 30), há receção ao Belenenses e aí terminará aquele que pode ser o mês mais duro do Dragão, com oito jogos na previsão, mais um do que os sete de dezembro, que havia sido, até agora, o pior a esse nível. Para matéria de gestão, há jogadores que se vão posicionando para fazer alguns jogos. Mbemba, Jorge, Sérgio Oliveira, Hernâni, Adrián López e André Pereira são, entre os menos utilizados, os que mais se estão a chegar à frente.