FC Porto: campeão pelo Lille junta-se à lista de alternativas a Viña

FC Porto: campeão pelo Lille junta-se à lista de alternativas a Viña
Carlos Gouveia

Tópicos

Uruguaio era o preferido, mas já foi confirmado na Roma. Reinildo (Lille), Maouassa (Rennes), Pezzella (Parma), Emerson Palmieri (Chelsea) e Matheus (Bahia) são hipóteses. Alex Telles é um sonho muito caro

Matías Viña era o eleito do FC Porto para reforçar o lado esquerdo da defesa, mas a Roma ganhou a corrida pelo internacional uruguaio, que é esperado esta semana em Itália, confirmou Tiago Pinto, o diretor geral do futebol. Por isso, a SAD portista já está a trabalhar na alternativa porque Sérgio Conceição considera essencial ter um jogador que faça concorrência a Zaidu na próxima época.

Curiosamente, dois dos nomes que estão referenciados pelo FC Porto também estavam na lista dos romanos: Reinildo, moçambicano de 27 anos do campeão francês, Lille, avaliado em oito milhões de euros; e Faitout Maouassa, de 23 anos e que atua no Rennes, e que será um pouco mais caro do que Reinildo.

O italiano Pezzella, do Parma, como O JOGO já escreveu, continua na mira dos responsáveis portistas e é quase certo que sairá do clube que desceu à Série B, estando a ser disputado também pela Sampdoria.

O campeão europeu Emerson Palmieri não deve continuar no Chelsea e seria, seguramente uma mais-valia no plantel portista, mas o elevado salário que aufere será um entrave nas negociações. O mesmo se aplica a Alex Telles. Um ano depois de ter ido para o Manchester United, a SAD sonha com o seu regresso, a título de empréstimo, contudo, tal como Palmieiri, o valor do ordenado será incomportável.

Bem mais acessível, mas uma solução a pensar no futuro e não no imediato, é Matheus, do Bahia. O JOGO apurou que houve uma abordagem pelo canhoto, de 21 anos, e a Imprensa brasileira falou mesmo na existência de proposta. O clube "tricolor" precisa de vender ativos para compensar as perdas motivadas pela pandemia e estará disposto a aceitar uma oferta que considere vantajosa.