Fábio Vieira assume má exibição do FC Porto: "Não demos o tínhamos que dar"

Fábio Vieira assume má exibição do FC Porto: "Não demos o tínhamos que dar"

Declarações de Fábio Vieira, médio do FC Porto, após a derrota na receção ao Liverpool (1-5) esta terça-feira, pela segunda jornada do grupo B da Liga dos Campeões.

Como explicar a derrota: "Saímos tristes, como é evidente. Sabíamos que seria um jogo extremamente difícil, a equipa do Liverpool é uma das melhores equipas do mundo, com os melhores jogadores do mundo. Mas estávamos conscientes também que só conseguiríamos vencer o Liverpool se estivéssemos nas nossas melhores capacidades, todos bem, e não foi isso que aconteceu. Hoje não foi o nosso dia".

Substituição a Otávio: "Foi uma entrada muito rápida, o colega de equipa sentiu uma dor na perna, tive que ser chamado a entrar. As indicações que o mister me deu foi para eu dar o meu máximo, defensivamente e ofensivamente, e foi isso que tentei desde o início, mas não chegou. Temos que corrigir muitas coisas mais para os próximos jogos".

Assistência para o golo: "Senti [que poderia reagir], fizemos o 3-1 e sabíamos que tinha que pressioná-los lá em cima para tentar chegar ao 3-2, mas logo em seguida sofremos o 4-1. Foi um balde de água fria. Como eu disse, cometemos muitos erros. Sinceramente, ficamos com o sabor amargo desse jogo. Não demos o tínhamos que dar".

O que corrigir: "Alguns erros coletivos e individuais. Faz parte, procurar não repetir e trabalhar muito nesses erros para não voltá-los a cometer".