"Estamos dois pontos mais longe de onde queremos estar"

"Estamos dois pontos mais longe de onde queremos estar"

Nuno Espírito Santo, treinador do FC Porto, lamenta falta de eficácia num jogo que era, no seu entender, essencial vencer.

Sem eficácia: "Um jogo em que não conseguimos, na sua plenitude, ser a equipa que devemos ser. Faltou eficácia, tivemos demasiados oportunidades falhadas que, se concretizadas, mudavam a história do jogo. Houve uma equipa que quis ganhar, o FC Porto, mas que, por ineficácia não conseguiu."

À Porto: "Era uma semana transcendente para nós, não vencer hoje significa ficar dois pontos mais longe de onde queríamos estar. Temos de aprender com os erros, erguer-nos rapidamente para podermos estar bem na Champions. Era importante vencer."

Concentração: "Penso no jogo, numa semana que era importante para nós e num empate que significa estar dois pontos mais longe de onde queríamos estar, numa semana que era transcendental no objetivo que tínhamos traçado, temos de assimilar e aprender com os erros que cometemos hoje, levantar-nos rapidamente para quarta-feira prepara o jogo da Champions muito bem. Uma vitória significa muito para nós nesse jogo e vamos continuar a crescer e a melhorar.

Jovens: "São jogadores jovens que quase conseguiram ser jogadores à Porto, apenas houve momentos em que não. É um aviso para nós, que temos de melhorar todos os dias, porque estes jogos são fundamentais e estes pontos eram-no para o objetivo final que é ser campeão."