Premium ESTÁDIO DO DRAGÃO - 15.º aniversário: A História começa com um "ninja"

ESTÁDIO DO DRAGÃO - 15.º aniversário: A História começa com um "ninja"

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Bruno Filipe Monteiro

Tópicos

Derlei foi o primeiro a escrever o nome na lista de goleadores do estádio que o FC Porto chama casa desde 2003. Foi num jogo com o Barcelona, no qual se estreou um dos maiores astros da atualidade: Messi. Música, magia, e até automóveis em 15 anos de muito futebol e vários títulos do Dragão. O JOGO recorda-lhe 15 datas especiais.

Era uma vez um estádio, com capacidade para mais de 50 mil pessoas, que o FC Porto queria muito inaugurar. A data era 16 de novembro de 2003, o Barcelona o convidado especial e as bancadas estavam a abarrotar. As hostilidades abriram com a magia de Luís de Matos, mas os verdadeiros artistas - os da bola - surgiram depois para dar início a uma história muito mais feliz do que os momentos tristes que tem para contar.

O JOGO recorda-lhe 15 deles, tantos como os anos de vida do estádio, o primeiro protagonizado por um brasileiro a quem os portistas chamam de "Ninja". "É um orgulho ter sido o autor do primeiro golo no Dragão", assume Derlei, que não esquece o lance que deu início a uma vitória por 2-0 (Hugo Almeida fez o outro).