Esperança por Uribe no adeus de Marche: o onze provável do FC Porto para a final da Taça

Esperança por Uribe no adeus de Marche: o onze provável do FC Porto para a final da Taça
Francisco Sebe

Tópicos

Médio só irá a jogo "se estiver a 100 por cento". Guarda-redes sobe ao palco antes de mudar de ares.

Até à última: a presença de Matheus Uribe no onze do FC Porto é uma dúvida que só será desfeita aquando do anúncio oficial das equipas da final, com Sérgio Conceição a garantir que o médio - já treinou integrado - só entrará nas opções "se estiver a cem por cento".

"Até ao último momento será avaliado e veremos se está em condições. Há esperança, é uma realidade, até porque no último treino deu notas e sensações positivas em relação à sua disponibilidade", indicou o treinador, que, em sentido inverso, não poderá contar com Marcano, a contas com uma mialgia de esforço na coxa esquerda, tal como Manafá, ainda em tratamento e ginásio. Para lá da possibilidade Uribe, há apenas uma alteração prevista no onze dos dragões em relação à partida com o Estoril.

Na baliza, Cláudio Ramos irá ceder a vaga a Marchesín, que fará este domingo, muito provavelmente, o derradeiro jogo pelo FC Porto. Destronado por Diogo Costa, o argentino quer somar mais minutos para poder aspirar à presença no Mundial, tendo, nesse sentido, portas abertas para retornar ao país natal ou ao México. Porém, poderá fechar o percurso com o pleno na Taça de Portugal, uma vez que foi totalista na caminhada até ao Jamor.

Onze provável do FC Porto: Marchesín; João Mário, Mbemba, Pepe e Zaidu; Otávio, Uribe, Vitinha e Pepê; Evanilson e Taremi