Diogo Queirós já treina com plano do FC Porto

Diogo Queirós já treina com plano do FC Porto
Bruno Filipe Monteiro

Tópicos

O campeonato belga foi dado como concluído, mas nem o defesa-central quis meter férias nem o FC Porto descurou na preparação de um dos anunciados reforços para 2020/21

É projeto de futuro e aposta para 2020/21. Apesar de ainda não ter sido confirmado oficialmente no próximo plantel - nem será antes desta época terminar - Diogo Queirós tem dado passos significativos para se afirmar e, neste momento, já está a treinar de acordo com as orientações do FC Porto. O defesa-central viu a liga belga (estava emprestado ao Mouscron) ser dada como encerrada e passou de imediato a estar à disposição do FC Porto. Neste momento cumpre um plano individual de trabalho, em casa, enviado semanalmente pelo FC Porto. O objetivo é comum: estar na melhor forma possível quando a próxima pré-temporada começar, provavelmente em agosto. E assim também se vai confirmando o regresso com que o próprio jogador já confirmou estar a contar.


O regresso de Queirós foi pensado no imediato momento em que foi decidido o empréstimo, há pouco menos de um ano. Sérgio Conceição gosta das características do jogador, mas pelo excesso na posição (Pepe, Marcano, Mbemba e Diogo Leite) optou por dar-lhe rodagem num contexto de I Liga que o ajudasse a crescer. No Mouscron a época correu de feição a Diogo. Aliás, foi eleito como um dos sete melhores defesas-centrais da prova, mesmo não jogando numa equipa de topo. Ao todo fez 21 jogos. Tendo em conta que a época não terminou, o jogador quis manter-se ativo para evitar entrar em 2020/21 vindo de uma paragem de cinco meses.

O FC Porto também fez questão de o manter ativo e dentro dos parâmetros físicos ideais e os planos enviados nascem precisamente de uma vontade comum. Aliás Diogo disponibilizou-se a treinar com a equipa B, mas esta não vai trabalhar muitos mais dias. Na equipa A não faria grande sentido nesta altura, pois não está inscrito nem dentro dos mecanismos do coletivo. Em breve terá oportunidade de o fazer e, em princípio, para contar a valer como opção. A lesão de Marcano até pode encurtar o caminho para a afirmação na primeira equipa.