Diogo Costa fez história em Coimbra: "Uma Taça de muito sacrifício e muito trabalho"

Diogo Costa fez história em Coimbra: "Uma Taça de muito sacrifício e muito trabalho"

Guarda-redes foi o mais novo de sempre do FC Porto a disputar uma final da Taça de Portugal.

Ao ser o titular da baliza diante do Benfica, no Estádio Cidade de Coimbra, Diogo Costa foi o guarda-redes mais novo de sempre do FC Porto a disputar a final da Taça de Portugal.

Este domingo, na cerimónia de entrega dos dois troféus conquistados pelo em declarações ao Porto Canal, reconheceu o orgulho por ter ajudado a conquistar pela 17.ª vez um tão importante troféu.

"Neste campeonato, estive parado algum tempo e sempre me preocupei muito em estar pronto para entrar em ação a qualquer altura. Foi uma Taça de muito sacrifício e de muito trabalho e por isso acho que foi muito merecido por causa disso", defendeu o guarda-redes de 20 anos que fez três jogos no campeonato, sete na Taça de Portugal e cinco na Taça da Liga.