Diogo Costa com mais uma oportunidade à porta na baliza do FC Porto

Diogo Costa com mais uma oportunidade à porta na baliza do FC Porto
António M. Soares

Tópicos

Rotação devolve o guarda-redes à titularidade, tal como vem sucedendo desde o início da época.

Diogo Costa volta a assumir a baliza do FC Porto contra o Varzim, cumprindo com aquela que tem sido a regra desde o início da temporada e que tem levado o português a defender nos jogos da Taça de Portugal e da Taça da Liga. Marchesín vai para o banco. Dos sete encontros somados até ao momento, três surgiram na Taça de Portugal (Coimbrões, V. Setúbal e Santa Clara) e outros três na Taça da Liga (Santa Clara, Casa Pia e Chaves). A única vez que Diogo Costa foi chamado para defender as redes no campeonato foi no Bessa, na sequência da suspensão de Marchesín, por ter estado na festa de aniversário da mulher de Matheus Uribe.

O jovem tem cumprido dentro das expectativas dos responsáveis portistas e, aliás, só no último jogo, em Chaves, é que sofreu os primeiros golos da época (dois), num jogo em que os azuis e brancos dominaram e chegaram a uma vantagem confortável, antes de os transmontanos reagirem na reta final do encontro, com dois golos.

Nos quartos de final da Taça de Portugal, Diogo Costa vai cruzar-se com um adversário do qual guarda boas memórias, depois de ter vencido (3-0) a equipa poveira em 2017/18, pela equipa B do FC Porto. Depois do Varzim, Diogo Costa ficará na expectativa para a final-four da Taça da Liga. Se Sérgio Conceição mantiver a regra, o jovem será titular contra o V. Guimarães, no dia 22 deste mês, em Braga.