"Defour só sai para outro clube para ser um líder"

"Defour só sai para outro clube para ser um líder"

A imprensa belga fala do interesse do Anderlecht. O seu empresário, Paul Stéfani, garante que não está a par de nada, mas vai deixando a porta aberta

O Anderlecht volta a sonhar com Defour para reforçar o meio-campo em janeiro. A notícia é do jornal "La Dernière Heure", que aponta o adversário do Benfica na Liga dos Campeões como uma saída que pode permitir a Defour jogar mais regularmente do que no FC Porto e estar nas condições ideais para o Mundial do Brasil.

"Ele tem jogado regularmente, mas pretende jogar mais", reconheceu Paul Stéfani, empresário de Defour, em declarações ao "La Dernière Heure". "Mas se for para sair terá de ser para um clube onde tenha grandes hipóteses de ser titular e onde possa ser um líder", acrescentou.

Stéfani aproveitou entretanto para negar qualquer tipo de abordagem ou negociações. "Ainda não ouvi nada do lado do Anderlecht, mas é um grande clube", sustentou.

"Não sei se um regresso à Bélgica é possível. Mas há interesse de outros clubes estrangeiros", frisou, antes de revelar ter conversado com os dirigentes da SAD azul e branca recentemente: "Já nos reunimos para falar do futuro de Defour. Mas é bom lembrar que ele ainda tem dois anos e meio de contrato para cumprir com o FC Porto".

Defour é um sonho velho do Anderlecht que, já na época passada, por esta altura, terá tentado convencer o médio a regressa à Bélgica, mas o FC Porto não abriu mão dele.