Custo total de Pepê foi de 16,7 milhões de euros

Custo total de Pepê foi de 16,7 milhões de euros

Dragões fecharam a contratação do extremo brasileiro ao Grémio em fevereiro último.

O FC Porto divulgou esta quarta-feira o relatório e contas consolidado da SAD, referente ao exercício 2020/21, e detalhou os custos totais das operações de aquisição de passes de jogadores.

Pepê, extremo brasileiro que foi contratado ao Grémio, teve um custo total de 16,783 milhões de euros (M€). A aquisição do passe fixou-se nos 15,397 M€, a que acrescem 1,385 M€ de encargos adicionais.

Ora, segundo o FC Porto, a parcela de encargos adicionais diz respeito a "gastos relacionados com as aquisições de direitos económicos, nomeadamente encargos com serviços de intermediação, serviços legais, prémios de assinatura de contratos, entre outros custos relacionados com a aquisição dos direitos económicos". "Inclui também o efeito da atualização financeira das contas a pagar a médio prazo originadas por estas transações", completam os dragões.