Críticas à arbitragem valem multa ao FC Porto superior a oito mil euros

Críticas à arbitragem valem multa ao FC Porto superior a oito mil euros

Informou o Conselho de Disciplina esta terça-feira.

O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) informou esta terça-feira, através do mapa de castigos, que puniu o FC Porto com uma multa de 8670 euros, na sequência de "declarações proferidas sob o enfoque das ofensas à honra e consideração de agentes de arbitragem", sem especificar quais.

Relativamente ao encontro com o Paços de Ferreira, da ronda 25, o CD informou ainda que multou os dragões em 714 euros devido a comportamento incorreto dos adeptos. "Após a realização da superflash no final do jogo, aquando da saída do jogador n.º 28 (Nico Gaitán), do Paços de Ferreira, para o túnel de acesso aos balneários, os adeptos do F.C.Porto, localizados na Bancada Nascente, identificados pelas camisolas, cachecóis e cânticos de apoio à equipa durante o jogo, entoaram em uníssono por várias vezes: 'Gaitán, vai para o c...'", pode ler-se, sendo referido ainda o arremesso de garrafas de água para o relvado durante o encontro.

De referir ainda o duelo com o Tondela, realizado domingo passada. O FC Porto terá de pagar uma multa de 4080 euros devido ao atraso do início e reinício do encontro.