Corona seguiu limitado para a seleção, mas não será dispensado

Corona seguiu limitado para a seleção, mas não será dispensado

Tecatito já está nos Estados Unidos com a seleção. Vai recuperar lá do espasmo muscular.

Corona já está nos Estados Unidos - viajou ontem para Nova Jérsia -, onde a seleção do México se vai concentrar antes de seguirem - depois de amanhã - para as Bermudas, palco do primeiro jogo particular nestas datas FIFA. O extremo do FC Porto vai ser reavaliado pelos médicos da seleção, mas não deverá ser dispensado. A ideia é que dê continuidade ao processo de recuperação por lá, até porque Tata Martino acredita que poderá contar com Tecatito pelo menos para o segundo jogo (dia 16), frente ao Panamá.

Corona, recorde-se, tem estado limitado fisicamente devido a problemas musculares na coxa direita: foi substituído nos últimos dois jogos que realizou - Santa Clara (campeonato) e Rio Ave - tendo depois falhado a deslocação a Roterdão, da Liga Europa. Ainda viajou para a Holanda e realizou um teste na véspera do encontro, mas ficaria na bancada. A lesão não é grave, exige basicamente repouso e uma menor intensidade de treino, pelo que é expectável que Corona ainda seja utilizado pelo selecionador do México. Esta recorde-se é a segunda vez Tata Martino o chama depois da polémica em abril que levou ao seu afastamento da "Gold Cup".