Premium Corona em exclusivo: "Não imaginava ficar tanto tempo no FC Porto"

Corona em exclusivo: "Não imaginava ficar tanto tempo no FC Porto"
Carlos Gouveia/António M. Soares

Tópicos

Numa entrevista exclusiva a O JOGO, o mexicano, um dos mais antigos do plantel, passa em revista os quatro anos de FC Porto e projeta o que resta desta época em que o objetivo, garante, é ganhar tudo.

Após mais uma sessão de trabalho de preparação do jogo de domingo, com o V. Setúbal, Corona esteve à conversa com O JOGO para falar um pouco da sua carreira no Dragão e também das metas para esta temporada, em que tem surgido mais vezes como lateral, posição que o obriga a redobrar a atenção. Por si, porém, até joga a central, porque quer é estar dentro do campo, onde se sente feliz.

Apesar de estar há quatro anos a jogar em Portugal, ainda não se adaptou ao frio e ontem até se queixou disso. Mas garante que está muito bem no Dragão, razão pela qual renovou contrato em março desde ano. E até já se vê a usar a braçadeira de capitão. Ganhar as quatro provas em que a equipa está inserida é o objetivo e Tecatito, como gosta de ser chamado, garante que o FC Porto tem jogadores para isso. Perder com o Benfica é o que mais lhe custa e espera ainda poder voltar a jogar com Casillas...