Exclusivo "Corona? É um jogador diferenciado. Abria os braços, coração, casa..."

"Corona? É um jogador diferenciado. Abria os braços, coração, casa..."

ENTREVISTA, PARTE II - Hoje, como sempre, o mexicano é quem mais enche as medidas a Óliver, que daria tudo para o ter em Sevilha. Mas sabe que está feliz no Dragão

A renovação de Otávio, o momento de Sérgio Oliveira e o calvário de Marcano foram assuntos abordados pelo médio, que vê o FC Porto a ultrapassar o Sporting na corrida pelo título... se este não fizer bem as coisas.

O Sevilha está a oito pontos da liderança do campeonato espanhol, tal como o FC Porto em Portugal. Vê um cenário em que os dois podem chegar ao título?
- A possibilidade está lá... Para nós, Sevilha, não é o objetivo principal, mas para o FC Porto, sim. O Sporting vai ter de fazer as coisas muito bem, porque o FC Porto vai estar na luta até ao fim, assim como nós. O balanço faz-se no final da época, mas, se continuarmos da mesma maneira, o nosso objetivo, que passa por terminar nos lugares da Champions, estará conquistado. Para isso temos de ir jogo a jogo, e no fim veremos. No futebol nunca se sabe, porque acontecem coisas maravilhosas.